ISG Provider Lens™ Infrastructure & Data Center / Private Cloud Quadrant Report 2018 – Brazil – Serviços Gerenciados Para Grandes Empresas (Portuguese)

Relatórios ISG Provider Lens™

A TGT Consult é representante da ISG no Brasil. Para adquirir este ou outros relatórios, converse conosco.

Apesar da crise econômica que impactou os fornecedores de serviço brasileiros nos últimos três anos, este estudo identificou concorrentes que cresceram mais de 10 porcento anualmente e estão confiantes sobre suas oportunidades futuras para crescimento contínuo.

Organizações maiores estão reinventando suas ofertas de portfólios e se adaptando a um ambiente de mudanças dinâmicas. A “disrupção” esperada para esse mercado está, de fato, impulsionando a inovação através do uso de automação e de software-defined everything (tudo definido por software). Essa disrupção inovadora está criando valor, ao invés de destruir negócios estabelecidos.

A terceirização de data centers está expandindo

Muitos dos participantes entrevistados pela ISG descreveram um mercado que está em desenvolvimento. Apesar deste estudo não contemplar o mercado brasileiro agregado de dados para testar essa hipótese, é interessante registrar que a percepção vem do fato de que novos negócios estão vindo de novos mercados: clientes em pequenos e médios segmentos de mercado. O que os dados desta pesquisa mostram é que os fornecedores que focam em SMBs estão crescendo mais rápido do que os fornecedores que focam em clientes de grande porte.

O ISG Index trimestral publicado em abril de 2018 incluiu algumas evidências para corroborar a hipótese de expansão. O documento mostrou que o número de contratos firmados no mercado das Américas cresceu 32 porcento ano após ano, com fortes resultados tanto no fornecimento tradicional, quanto no valor de contrato anual por serviço.

Data centers definidos por software estão no ponto certo

Todas as organizações participantes deste estudo implementaram ou estão implementando um data center definido por software (SDDC). As escolhas mais populares são OpenStack e VMware, embora este relatório não esteja endossando nenhum produto ou fornecedor. Os clientes que estão planejando um novo data center ou melhorias nos contratos de serviço existentes não devem ter receio de considerar o SDDC, se já não o tiverem feito.

Interrupção zero se tornou uma realidade

Quando a AWS chegou ao Brasil há seis anos, acendeu uma convicção profunda nos fornecedores de serviços que a migração para a nuvem iria destruir todos os concorrentes tradicionais. A realidade hoje é completamente diferente e fornecedores de serviços estão surpreendentemente confiantes.

Por mais ambíguo que seja, o mercado de virtual-everything (tudo virtual) exigiu altos investimentos em data centers realmente sólidos. Fornecedores de colocation construíram, adquiriram e renovaram instalações para oferecer infraestrutura escalável e confiável aos fornecedores de nuvens públicas. Gradualmente, os data centers locais tradicionais começaram a migrar para parcerias de colocation, ao invés de manter as instalações velhas e obsoletas, com exceção dos grandes players, que podiam bancar a competição e investir na melhoria e renovação de seus data centers.

A concorrência da nuvem elevou os padrões. Enquanto 99,8 porcento de disponibilidade de data centers era aceitável há seis anos, nossa pesquisa descobriu que os fornecedores de serviços atualmente oferecem até 99,99 porcento de disponibilidade, graças a seus grandes e confiáveis parceiros de colocation.

A lenta adoção da inteligência artificial no Brasil

O mercado brasileiro está ficando para trás no uso e adoção de inteligência artificial (IA) para melhorar o tempo de resposta dos serviços e automaticamente resolver incidentes de infraestrutura. Enquanto a maioria dos players internacionais afirmam usar inteligência artificial com ferramentas de automação para reduzir interrupções e, consequentemente, reduzir o custo das operações, fornecedores de serviços locais parecem ignorar a capacidade benéfica da IA de reduzir custos ou não possuem os recursos capacitados
exigidos para serem pioneiros da inovação.

Os fornecedores estão ganhando força com parceiros de colocation

O surgimento de instalações colocation-only (apenas colocation) não é novidade, mas o impacto dos custos reduzidos de servidores virtuais impostos pelos fornecedores de nuvens públicas forçou os fornecedores de data centers locais a reinventar seus modelos de negócios – ter uma instalação de pequeno e médio porte não é mais competitivo.

Muitos concorrentes se tornaram parceiros ou clientes de grandes fornecedores de colocation para conseguir a escala de operações que nunca se pensou possível no passado. Essa tendência que teve início com fornecedores de médio porte está agora disseminada entre os fornecedores de serviço de data center tradicionais e de grande porte, mudando drasticamente o cenário. No passado, escalabilidade, disponibilidade e segurança eram fatores decisivos para se escolher um fornecedor de data center, e apenas os grandes concorrentes podiam financiar e investir em tais instalações. Hoje, o serviço é o diferencial, porque as instalações tornaram-se uma commodity acessível a todos os players nesse mercado.

As reduções nos preços têm sido compensadas com expansão de mercado

A entrada de nuvens públicas no mercado, o desenvolvimento de instalações de colocation e a acessibilidade de data centers definidos por software nivelaram a concorrência e criaram um mercado em que mais competidores são capazes de atrair mais clientes. Enquanto grandes players, que focam em grandes contas, competem por um número limitado de grandes empresas brasileiras (das quais há centenas de empresas), muitos fornecedores indicaram que seus novos negócios vêm de empresas de médio porte (das quais há milhões de empresas).

Empresas que ainda possuem instalações de data centers internos e que estão buscando maneiras de ganhar segurança, disponibilidade de infraestrutura e reduzir custos vão primeiro para portais de nuvens públicas. No entanto, elas não compreendem como usar e alavancar a nuvem e então buscam fornecedores de serviços que possam oferecer transparência e infraestrutura de serviços descomplicadas por um preço menor.

Relatórios ISG Provider Lens™

A TGT Consult é representante da ISG no Brasil. Para adquirir este ou outros relatórios, converse conosco.