ISG Provider Lens™ SAP HANA and Leonardo Ecosystem Partners – Brazil 2019 – SAP Leonardo Transformation (Portuguese)

Relatórios ISG Provider Lens™

A TGT Consult é representante da ISG no Brasil. Para adquirir este ou outros relatórios, converse conosco.

Desde 1996, a SAP conquistou mais de 3.700 clientes no Brasil, onde também possui 2.000 funcionários e 165 parceiros listados que cobrem diversas especializações. O Brasil ocupa o 13º lugar em receita por país, de acordo com o relatório anual de 2018 da SAP. O SAP Labs Latin America foi criado em 2006 em São Leopoldo, localizado no sul do Estado do Rio Grande do Sul.

A ISG qualificou 36 provedores de serviços para este estudo, dos quais 31 são parceiros de consultoria e integração SAP. Esses parceiros empregam mais de 13.000 consultores SAP. Estima-se que o mercado de serviços SAP tenha 46.000 consultores no Brasil, de acordo com uma pesquisa de 2016 publicada pela Red Commerce em parceria com o LinkedIn. Muitos desses consultores trabalham para organizações clientes como funcionários ou contratados, o que indica uma oportunidade para expandir as redes dos parceiros SAP. A ISG estima que o mercado brasileiro de serviços SAP, incluindo serviços internos e terceirizados, vale US$ 2,3 bilhões.

A receita de serviço é distribuída por vários provedores. A expansão da SAP para o mercado intermediário provou ser uma decisão correta. A SAP atraiu muitos novos parceiros que fornecem S/4HANA para empresas de médio porte. Consequentemente, nenhum parceiro da SAP detém mais de 10% de participação no mercado.

Tendências Em Transformação S/4HANA

O grande cliente corporativo oferece mais resistência para migrar para o S/4HANA ou o Business Suite em HANA. Os parceiros da SAP informaram que muitos clientes adquiriram os direitos de licença do HANA para ficarem em conformidade com os termos de licenciamento, mas não têm um cronograma planejado para atualizar seus sistemas antigos. Nesse segmento de mercado, as empresas tendem a optar por um projeto brownfield, usando ferramentas de conversão que transferem suas configurações e personalizações para o Business Suite no HANA. Grandes transformações têm ocorrido desde 2017, o que comprovou a viabilidade de ferramentas brownfield. Poucos clientes de grandes empresas optam por um projeto S/4HANA greenfield devido à complexidade em mudar seus processos de negócios. Em termos gerais, os clientes de grandes empresas estão aguardando que os incentivos da SAP compensem os custos de atualização, ou estão apostando veladamente em uma extensão da data de término do suporte de 2025.

No Brasil, estima-se que 1.300 sistemas SAP devem ser convertidos para S/4HANA ou Business Suite no HANA antes de 2025. Os parceiros da SAP estão entusiasmados com o prometido fluxo de receita que essa jogada ousada proporcionará; no entanto, o prazo está se aproximando, fazendo com que muitos projetos aconteçam simultaneamente. Os parceiros da SAP temem que parte da receita do mercado de conversão possa fluir para concorrentes e provedores menores. Se isso acontecer, a porta é aberta para que um concorrente assuma a conta inteira do cliente.

O mercado intermediário geralmente adota o S/4HANA como um projeto greenfield. São clientes que substituem sistemas internos ou sistemas ERP obsoletos. Poucas empresas de médio porte têm sistemas legados SAP ECC para atualizar. Os provedores que se concentram no mercado intermediário oferecem soluções verticais pré-configuradas que eles melhoraram a partir dos modelos SAP. Por essas e outras características, este estudo divide o mercado de transformação em dois quadrantes, um cobrindo o mercado de grandes empresas e outro focado no mercado intermediário.

Tendências Em SAP S/4HANA Managed Services

Enquanto a duração dos projetos SAP varia de 9 a 24 meses, os contratos de serviços gerenciados normalmente duram cinco anos. Em geral, um cliente leva de cinco a oito anos antes de passar por uma grande atualização do ERP. Esses fatos tornam o mercado de serviços gerenciados de manutenção, melhoria e operação mais robusto do que o mercado de consultoria e de transformação. Das 36 empresas que se qualificaram para este estudo, 61% (22 empresas) foram qualificadas para o quadrante de serviços gerenciados.

Este é um mercado altamente competitivo. Os concorrentes qualificados variam de um mínimo de 150 consultores SAP a mais de 1.000, com uma média de 500. A única barreira para novos concorrentes é a necessidade de obter certificações SAP, o que é um investimento razoável para uma pequena empresa, pois ela precisa contratar e treinar consultores antes de ganhar o primeiro negócio. A maioria dos participantes do mercado são parceiros da SAP há muito tempo, mas alguns recentemente cresceram no mercado brasileiro de serviços gerenciados e se tornaram mais competitivos. Eles são, em ordem alfabética, BCI Consulting, Cast group, FH, Megawork, Resource, Seidor e Wipro. Essas empresas estão desafiando um mercado que estava concentrado em poucos parceiros da SAP.

Maior competição gera margens menores. A inteligência artificial (IA) e o aprendizado de máquina (ML) foram incorporados na manutenção de aplicativos e nas operações para prever incidentes e automatizar a solução de problemas e provisionamento. Ganhar escala é necessário para sobreviver em um mercado de baixa margem. Esses fatores combinados sugerem que a consolidação do mercado deve acontecer em breve. No entanto, devido ao prazo de atualização do S/4HANA para 2025, os principais concorrentes podem priorizar investimentos em especialização e ferramentas de transformação, em vez de aquisições.

Tendências Em BW/4HANA e BW on HANA

O Analytics não tem sido um mercado robusto no Brasil. Muitas pequenas empresas de consultoria e prestadores de serviços entregam SAP Business Warehouse (BW) e análises sob demanda, ou têm fornecedores maiores subcontratando seus serviços em projetos maiores. Apenas 13 parceiros da SAP se qualificaram como fornecedores de serviços BW/4HANA e BW on HANA.

O SAP Business Planning and Consolidation (SAP BPC), lançado em versões anteriores do S/4HANA, possui funcionalidades analíticas para orçamento, previsão e consolidação financeira. O BPC promete ciclos de fechamento mais rápidos e conformidade com relatórios financeiros. O BW é usado para várias finalidades, no entanto, o SAP BPC 11.0 para BW/4HANA mescla o SAP BW Integrated Planning e o SAP BPC em uma única solução. Durante as entrevistas com fornecedores, os prestadores de serviços da BW descreveram a consolidação financeira como uma razão convincente para o uso do SAP BW. Enquanto o SAP Analytics Cloud pode fornecer dados financeiros em tempo real sobre uma empresa, o BW/4HANA consolida informações de desempenho de negócios em tempo real para várias empresas ou unidades de negócios.

Os serviços de BW são um nicho de mercado que exige especialização. A SAP também oferece o SAP Analytics Cloud e o SAP BusinessObjects. A SAS é uma forte parceira da SAP com mais de 200 clientes no Brasil, frequentemente integrada ao SAP. Outras soluções concorrentes vêm dos parceiros da IBM, Microsoft, Tableau e Qlik. A Oracle é uma concorrente importante nesse mercado. As empresas líderes neste quadrante podem dar suporte a uma ou mais dessas alternativas.

Tendências Em SAP Leonardo

O SAP Leonardo é uma plataforma de desenvolvimento de aplicativos que usa microsserviços e APIs do mercado do SAP Cloud Platform. Usando o SAP Leonardo, os desenvolvedores podem aproveitar casos de uso e aceleradores do setor, o que reduz o tempo necessário para prototipar e testar ideias. É um mercado em crescimento; no entanto, apenas 12 parceiros da SAP se qualificaram para esse quadrante, o que reflete uma adoção lenta. Muitas razões contribuem para esse ritmo lento, incluindo a concorrência de startups, plataformas de desenvolvimento alternativas ou simplesmente porque IA/ML, IoT e blockchain têm tido pouca demanda até agora, como a ISG observou em outras pesquisas no Brasil.

Do ponto de vista do cliente, o uso do SAP Leonardo reduz o custo e o risco da inovação. Os casos de referência do cliente SAP Leonardo mostram uma melhor experiência do cliente, novas receitas de produtos digitais e processos de negócios aprimorados com bots cognitivos, automação, análise e outras otimizações. Alguns concorrentes acreditam que o SAP Leonardo é a chave para convencer os clientes a atualizar para o S/4HANA.

Tendências Em Infraestrutura Para SAP HANA Em Nuvem

As barreiras técnicas iniciais e a resistência do cliente ao mover o ERP para a nuvem estão gradualmente desaparecendo. Casos reais de S/4HANA em execução na nuvem demonstram que ela pode ser mais segura do que a hospedagem interna. As preocupações técnicas em relação à escalabilidade da memória da máquina virtual acabaram. A capacidade de memória da máquina virtual pode chegar a 20 terabytes, com uma opção de 24 terabytes anunciada para o final deste ano. Isso representa um aumento significativo nos últimos dois anos. Instâncias bare metal oferecem até 64 terabytes de memória na nuvem pública. As combinações de cluster podem ir ainda mais longe. Um cliente S/4HANA típico raramente precisa de configurações de memória tão grandes. No entanto, uma substituição de servidor interno para aumentar a capacidade de memória pode ser dispendiosa e demorada, enquanto a escalabilidade na nuvem e o pagamento conforme o uso tem impacto mínimo na operação. Essas grandes capacidades de memória garantem a um cliente que atualizações de hardware com parada de produção nunca mais acontecerão, o que é uma razão atraente para considerar a nuvem.

O surgimento de ferramentas de nuvem híbrida e conexões diretas de baixa latência entre nuvens públicas também contribuem para ampliar o número de opções para hospedar sistemas HANA e legados. Qualificamos 12 provedores que combinaram a oferta de 14 opções de data center IaaS no Brasil. Também identificamos que alguns clientes optam por hospedar S/4HANA em regiões IaaS fora do Brasil para se beneficiar de preços mais baixos.

Os clientes podem optar por migrar o SAP para a nuvem ou contratar provedores de serviços com metodologias comprovadas para realizar o trabalho.

Relatórios ISG Provider Lens™

A TGT Consult é representante da ISG no Brasil. Para adquirir este ou outros relatórios, converse conosco.