Equilíbrio entre a manutenção e a introdução de inovações

Mais da metade do orçamento de TI é gasto com desenvolvimento e manutenção de sistemas. Esta é a principal área na qual as empresas precisam ter eficiência para desenvolver serviços de boa qualidade, mantendo-se com um orçamento competitivo. 

Historicamente, é gasto muito mais com a manutenção dos sistemas do que com a introdução de inovação. 

A pergunta das corporações é: como encontrar um equilíbrio entre a manutenção dos sistemas já existentes e continuar agregando inovações?

Os métodos ágeis são uma parte da resposta, as empresas que conseguem responder mais rápido às mudanças exigidas pelo mercado, conseguem entregar resultados melhores. Além disso, a busca pelo DevOps, suportado por uma camada de testes automatizados e práticas qualidade de segurança e qualidade de software. A agilidade de geração e entrega de valor através de software está cada vez mais importante, especialmente agora com as mudanças de emergenciais provocadas pela pandemia.

Em um webinar com o analista líder da ISG, Pedro Bicudo Maschio comenta o relatório  ISG Provider Lens Next-Gen Application Development & Maintenance Services 2020 – Brazil. Neste estudo, foram pesquisados diversos provedores de serviços relacionados ao desenvolvimento e manutenção de sistemas atuantes no mercado brasileiro.

Confira o vídeo abaixo: