Você usa SAP. Veja quem pode fazer sua transformação digital

Pesquisa indica e classifica fornecedores brasileiros e globais capazes de fazer a migração do SAP ERP para o SAP S/4 HANA em cinco mercados que adotam SAP

São Paulo, 22 de agosto de 2019 – Desde sua entrada no mercado brasileiro em 1996, a SAP já conquistou mais de 3.700 clientes no Brasil e ocupa a 13º posição em receita mundial entre os fornecedores de software, de acordo com o seu relatório anual de 2018. No Brasil, são 165 parceiros de negócios, dos quais 36 se qualificaram para estar presentes no relatório ISG Provider Lens, desenvolvido pela ISG (Information Services Group), sendo que 61% (22 empresas) foram classificadas em ao menos um dos quadrantes para a implementação do SAP S/4 HANA e SAP Leonardo. O mercado brasileiro de SAP, incluindo as empresas parceiras como essas, é estimado pela ISG em US$ 2.3 bilhões. 

O relatório ISG Provider Lens, distribuído no Brasil pela TGT Consult, empresa de consultoria em gestão de TI e parceira da ISG, avalia as tendências de inovação do SAP S/4 HANA e do SAP Leonardo e o ciclo de sua implementação nas empresas brasileiras por meio do ecossistema de parceiros da SAP no Brasil. 

O relatório ISG Provider Lens  SAP HANA&Leonardo Ecosystem Partners – Brazil 2019 abrange seis quadrantes: 

  • SAP S/4HANA & Business Suite on HANA Transformation para grandes contas (Large Accounts)
  • SAP S/4HANA & Business Suite on HANA Transformation para médias empresas (Midmarket)
  • SAP S/4HANA & Business Suite on HANA Managed Services
  • SAP BW/4HANA and BW on HANA Transformation & Operations
  • SAP Leonardo Transformation
  • SAP HANA Cloud Infrastructure and Platform  Services.

O estudo concluiu que empresas de grande porte estão mais resistentes à adoção do SAP S/4 HANA por causa de sua adesão ao suporte do SAP ERP até 2025. Já o mercado das médias empresas no Brasil tem sido muito promissor para a nova plataforma, uma vez que poucas delas têm implementado a solução SAP ERP, optando pela nova solução SAP S/4 HANA. “O ERP passa por mudanças e está cada vez mais flexível e inteligente. Com a adoção do ERP S/4 HANA e SAP Leonardo será fácil agregar ferramentas aos sistemas de gestão, em soluções adaptáveis ao tamanho de cada empresa. Além disso, a inteligência artificial dessa solução ajudará na coleta e análise de dados, tornando mais rápida a tomada de decisões”, comenta Maurício Ohtani, sócio da TGT Consult.

O estudo avalia o mercado de transformação e a migração do SAP ERP para o SAP S/4 HANA em dois quadrantes: um cobrindo os negócios para as grandes empresas e outro para as médias empresas. A pesquisa ISG estima que 1.300 sistemas SAP devem ser convertidos em SAP S/4HANA ou Business Suite on HANA antes de 2025. “Os parceiros SAP estão confiantes  com o fluxo de receitas prometido com este movimento. No entanto, o prazo está se aproximando, empurrando muitos projetos para acontecerem simultaneamente, o que pode levar a uma demanda muito maior que o número de consultores disponíveis no mercado. As empresas precisam começar o projeto de migração para o SAP S/4 HANA considerando todo o planejamento e processos, antecipando o prazo de expiração de suporte aos sistemas legados da SAP, previsto para 2025”, complementa Ohtani. Enquanto a duração dos projetos SAP pode ser de nove a 24 meses, os contratos de serviços gerenciados levam cerca de cinco anos para sua conclusão.

Com o SAP S/4 HANA as empresas podem capturar e analisar dados transacionais em tempo real e de forma integrada, utilizando a plataforma de computação inteiramente em memória. Já o SAP Leonardo Machine Learning pode rodar a aplicação em nuvem. 

Este é um mercado altamente competitivo e os parceiros qualificados SAP somam quase 1.000 consultores. A única barreira para novos concorrentes é a necessidade de obter certificações SAP, que é um investimento razoável para uma pequena empresa, avalia o estudo. A maioria dos consultores SAP no Brasil já é um parceiro de longa data da empresa, mas outros se tornaram parceiros recentemente, como a BCI Consulting, o Cast Group, a FH, a Megawork, a Resource, a Seidor e a Wipro (descritos em ordem alfabética). 

O quadrante do ecossistema de parceiros SAP HANA e SAP Leonardo da pesquisa ISG classifica os parceiros como Líder, Product Challenger, Market Challenger e Contender. O relatório indica a Tech Mahindra como líder em cinco quadrantes e a Accenture, Atos, IBM e T-Systems em três. FH, Infosys, Softtek e Sonda são apontados como líderes em dois quadrantes, enquanto AWS, Cast Group, DXC Technology, ITS Group, Microsoft Azure, Resource, SAP Consulting, Seidor, SPRO e TIVIT são líderes em um quadrante.

Clique abaixo para ler o comunicado oficial da ISG em português sobre o lançamento da pesquisa ISG Provider Lens.

https://research.isg-one.com/reportaction/Quadrant-SAP-Brazil-2019/Marketing

Versões customizadas do relatório estão disponíveis através da FH e da T-Systems.

Clique no link abaixo para assistir ao webinar exclusivo com o autor da pesquisa, interpretando os resultados e explicando como eles podem ser úteis para alavancar os negócios da sua empresa.

Sobre a TGT Consult 

A TGT Consult é uma empresa brasileira de pesquisa e consultoria de negócios e de tecnologia. Formada por consultores com cargos de C-Level em suas carreiras, proporciona a seus clientes diagnóstico, planejamento, metodologia e gerenciamento para a solução de problemas, por meio de uma abordagem que se traduz em resultados mensuráveis e que garantem a concretização dos objetivos de cada projeto. Suas principais soluções de consultoria estão relacionadas a: Inteligência em TI, Excelência Operacional, Sourcing de TI e Inovação. 

Contato para a imprensa:

Mars6
spareja@mars6.com.br
Tel.: (11) 2613-6324 e 99371-3834